domingo, 23 de setembro de 2007

Um Chute Na Cara


Taí, conforme o prometido, vai a letra do "Tema de Gilda", escrito para o filme "Beijo na Boca Maldita", dirigido pelo Yanko Del Pino, que está em fase de finalização e deverá ser lançado em janeiro de 2008. A música já está gravada, é um "Trip-Hop Samba Blues". Breve estarei mostrando o tema gravado. Participam comigo, nesta gravação os meus diletos amigos e excelentes músicos Alfreli Amaral, no Hammond B3 e seu filho William Amaral, na guitarra, além do Jeff Sabbag no piano.
Na foto, eu, William e Alfreli, num momento de descontração no Studio Piratta, durante as gravações(photo by Rita Loch).

UM CHUTE NA CARA (TEMA DE “GILDA”)

Letra e Música de Celso Piratta

NÃO SOU DISCRETA, NEM SORRATEIRA
SOU BEM DIRETA, SOU ENCRENQUEIRA
SOU DESVAIRADA, SOU MUITO LOUCA
FICO INVOCADA E TE BEIJO NA BOCA

VOU DESFILANDO NA RUA DAS FLORES
TE PROCURANDO, MORRENDO DE AMORES
SOU UMA BANDIDA, TÔ MUITO NA MINHA
DESTA AVENIDA EU SOU A RAINHA

SOU BARRA PESADA, NÃO ME REJEITE
NÃO PEÇO NADA, SÓ QUE ME ACEITE
PERCO O JUÍZO, CHORO BAIXINHO
EU SÓ PRECISO DO SEU CARINHO

FAÇO O QUE QUERO, NINGUÉM ME PARA
PRA SUA MORAL, SOU UM CHUTE NA CARA
SOU FRACO, MAS FORTE, LOQUAZ, TRAMBIQUEIRO
SOU MAIS UM HERÓI BRASILEIRO (BIS)



© Copyright 2007 Celso Loch

Spring is in the air! ( and so is polen...)


Primeiro domingo da primavera. Pela janela do estúdio, agora aberta, ouço o desafio melódico dos sabiás, bentevis, saracuras e pica-paus. Estes sons, que nunca são os mesmos, nunca se repetem, já foram anteriormente gravados e utilizados em "desenho de som", ou "sound design" de alguns filmes, para os quais escrevi a música e editei o áudio.
Agora, melhor ainda é o som do mar de Bombinhas, que também gravei e carrego comigo, dez minutos ininterruptos, guardados num "track" do meu iPod e que, volta e meia, boto pra tocar em "loop", ou seja, repetidamente, para minha satisfação pessoal. Isto apenas quando não estou frente a frente com ele, o mar de Bombinhas, percussão infinita, natureza viva.
Nestes dias, estou finalizando um tema musical que chamei "Um Chute Na Cara", escrito para o filme "Beijo na Boca Maldita", do cineasta Yanko del Pino e que traz, em forma de documentário, alguns aspectos da vida de "Gilda", famoso (a) personagem que habitava a Boca Maldita, em Curitiba, até os anos oitenta.
Logo, estarei publicando a letra e informando o endereço de um sítio onde a música vai estar disponível para audição. Como diria o Schwarzennegger: "calm down, I'll be back!"...

sábado, 22 de setembro de 2007

Lá vou eu!

A quem interessar possa: estou oficialmente iniciando este blog, que espero seja lido e ouvido. (nem sei se é possível postar música, mas se não der, vou publicar um endereço onde ela possa ser encontrada).
Por via das dúvidas, lá vai: www.myspace.com/celsoloch
Neste momento, close to the sixties, novas perspectivas musicais, estudando meus instrumentos, o "Studio Piratta - Music & Sound Design", instalado e funcional, as idéias pipocando, ouvindo vozes musicais e expressando-as sem preocupações comerciais.
Como já disse o Egberto Gismonti, "existem duas classificações para a música: ela pode ser industrial ou artesanal..." Eu claramente me encaixo na segunda, principalmente depois que "chutei o balde" e resolvi criar música com a alma e para o coração...
Musica laetificat anima et sanum facet core, é o meu moto.
Ponto. Falei.